POWr Social Media Icons

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

As negrinhas que tanto amo!

Ultimamente eu estou apaixonada pelos fios de Poliamida e/ou Poliéster.

Eu descobri eles meio que por acaso numa lojinha que tinha acabado de abrir.
Assim como toda crocheteira, eu passo horas nas lojas escolhendo os fios. Daí que eu estava lá verificando uns fios de algodão e vi na última prateleira, meio que abandonado uns 4 tubos de fios da Kone. A cor era linda! Goiaba. Um brilho que nunca tinha visto antes. Foi amor à primeira vista. "Vou levar uns 5", pensei eu. Até saber do preço: R$18,00 cada cone. "Vou levar só um"... Mudei de ideia rapidamente. Não estava preparada financeiramente pra um rombo desses.

O fio da Kone. A cor e brilho desse fio são incríveis.
Pena não poder encontrá-lo mais.
Dias depois resolvi fazer uma peça com o fio. Logo descobri que precisaria de mais cones. Eles são bem fininhos e eu não gosto de trabalhar com fios daquela espessura. Rezando pra que ainda estivessem lá, voltei na loja. Comprei mais uns 3 cones e comecei a fazer um vestido inspirado em um modelo da Vanessa Montoro que eu estava paquerando há dias.

Comecei a peça e logo logo vieram as primeiras impressões.
Descobri que eles são bem chatinhos de se trabalhar. Além de desfiarem bastante, o trabalho tende a ficar muito mole e, se não tomar cuidado, você acaba danificando a peça enquanto confecciona. Tive que utilizar toda a minha (pouca) paciência para confeccionar o vestido.

Confesso que alguns meses se passaram para eu terminar, já que tinha que fazer com muito cuidado. No entanto, quando terminei fiquei apaixonada! O caimento da peça é incrível. Desde então esses fios se tornaram meus preferidos, e vi que todo o sacrifício e paciência exigidas na confecção valem a pena.

Essa foi a peça confeccionada com o primeiro fio 'Negrinha' da Kone:

Essa cor me fascina
Detalhe do busto

Aqui dá pra perceber o caimento das peças feitas com esse tipo de fio.
Elas ficam com bastante movimento, característica difícil de conseguir com fios de algodão.

Então a saga começou. Vi que esses fios são difíceis de se achar. Talvez pelo fato de o preço ser mais caro que os fios que costumamos comprar nos armarinhos, as lojas não o oferecem e quando o fazem, há escassez de cores.

Daí a pesquisar pela internet, encontrei o post da Ivelise, explicando as variedades de fios, que são chamados de 'Negrinha' (não consegui descobrir o porquê desse apelido, se alguém souber explicar, fique à vontade).

Depois de ver o post, pesquisei sobre onde poderia encontrar os fios e cheguei à Loja online da Fios Ideal.
Desde então sempre faço compras por lá. É super prático e muito tranquilo de comprar. Já comprei, inclusive, vários outros tipos de fios disponíveis na loja. O meu favorito: Negrinha Cordonê, de Poliéster.

Abaixo algumas fotos dos fios que já usei da empresa, nem todos Negrinha.

A Negrinha Cordonê (TEX 265)

Negrinha Correntinha (TEX 487)

Detalhe do fio Negrinha Correntinha, mostrando porque leva esse nome.
É um fio grosso, ótimo para ser utilizado na confecção de acessórios.

Negrinha Tubular (TEX 1150). Fio extremamente grosso.
Ele é achatado lembrando uma fita de cetim
Outro fio que gostei bastante foi o da Filare Têxtil: o Filare Cordonê, de Poliamida. Esse fio é um pouco mais popular que os outros, é mais fácil de achar nas lojas e possui uma cartela de cores mais vasta.

Fio da Filare

Apesar de a cartela de cores da Negrinha Cordonê ser bem menor que a da Filare, elas se complementam.

A tímida porém interessante cartela de cores da Negrinha Cordonê.

Cartela de cores da Filare Cordonê.

Como disse acima, os preços desses fios são mais caros que a média, variando entre R$15,00 a R$20,00, e, se você for como eu e não gostar de trabalhar com fios finos demais, sempre considere o dobro do preço, pois você vai precisar usar o fio duplo. Entretanto, posso dizer que vale cada centavo.

Se você conhece, gosta de algum fio 'Negrinha' e quer compartilhar, deixe seu comentário!

10 comentários :

  1. Adorei o post Fladiane a negrinha não é mais fabricada pelos FSFranco e Frantex.. uma pena.. pagava cada centavo como vc bem disse... qualidade custa então......
    Agora a negrinha do Fios |Ideal eu detestei!
    Não compro mais.. para mim parece plástico... toque não agradável.. comprei para experimentar e não mais......
    Posts assim compartilhando pontos de vistas e opiniões são super úteis!!!! amei! Muito obrigada pelo trabalho em escrever!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então.. eu concordo com você. A negrinha da Fios Ideal é realmente mais durinha, mas eu confesso que continuo usando quando preciso de um fio mais estruturado porém com o mesmo brilho da negrinha. Mas é isso aí, Ivelise! É sempre bom ter vários pontos de vista!

      Excluir
    2. Agora fiquei com dúvida? Vocês teriam alguma sugestão de uma linha tipo negrinha que tenha toque agradável e não pareça plástico?

      Excluir
    3. Nesse quesito a Kone ganha disparado na minha opinião, mas como não é mais fabricada, acho que o da Filare substitui.

      Excluir
  2. Muito bom seu blog. Muitas informações relevantes pra quem ama a arte do crochê como eu. Abraço. ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida, obrigada pela atenção!

      Excluir
  3. Respostas
    1. Nem me fale. Eu vivo tentando escrever, tô cheia de rascunhos, mas tempo que é bom para editar do jeitinho que eu gosto e publicar, nada! Tentarei voltar em breve!

      Excluir
  4. Muito obrigado pela dica do site Fios Ideal.Não pare de postar.Muito bom o blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida! Sempre que puder vou postar!

      Excluir